19 outubro 2009

Ciumeira


A Ester foi e será sempre a prima crescida da Maria, e que a acompanhou de uma forma muito próxima desde que nasceu. Teve sempre uma paciência enorme para todas as fases dela e são grandes companheiras. No fim-de-semana que passou, a Maria viu-a acompanhada de um rapaz na Igreja e, apesar de nenhum de nós ter feito nenhum comentário acerca disso, a Maria apercebeu-se que não devia ser só um amigo.

Veio perguntar-nos e, perante os factos e a confirmação da prima, passou por várias fases: vergonha, fúria, nervos, tudo de grande ciumeira. Veio para casa inquieta "Estou furiosa com a Ester, aviso já que eles não entram no meu quarto!". Sempre que nos riamos perante um cenário que não esperávamos, ela endurecia ainda mais. Dizem que são dores de crescimento. Vais ter tantas destas, filha...