23 outubro 2009

Quando

estou prestes a acabar um trabalho, nem sempre tenho na mira mais algum. Tenho colaborado com diferentes entidades, muitas delas com projectos específicos e que, por isso, nem sempre têm mais material para me passar. Mas o que tem acontecido, é que quando penso que vou estar parada, surge novo. E por diante, tem sido assim desde há um ano, quando o Joaquim entrou na escola e comecei com esta vida em casa.

A minha mãe sempre me disse que quando damos provas da nossa competência, que recebemos a recompensa disso, e eu sei que é verdade (a sorte pode abrir uma porta, mas não segura eternamente quem não se esforça). Ainda assim, não me canso de agradecer a Deus, porque sei que é Ele que me vem mostrando este caminho.