21 novembro 2009

Já foi há 3 anos.

Que a Marta nasceu. Veio mostrar-nos, como ainda hoje o faz, que o amor se multiplica na diferença, na individualidade que carrega consigo, na alegria de viver. Talvez o que defina melhor a Marta, nestes 3 anos, é simplesmente alegria. Toda ela transborda.