03 novembro 2009

A tarde de domingo

foi passada nas urgências, porque as febres da Maria tinham voltado. As análises que fez não detectaram nada e por isso deduziu-se que seja viral. Ainda está comigo em casa. Tenho é de referir que nessa tarde nas urgências, para além da quantidade de gente e crianças com máscaras e do ar abafado ( a dada altura pirámo-nos dali e fomos dar uma volta pelo Hospital, enquanto esperávamos pelo resultado das análises), a minha filha de 5 anos sentava-se na mesa e ajudava as crianças mais pequenas a pintar. Conversámos várias horas. Fica ainda mais crescida quando não estamos com os irmãos.