04 março 2010

Foi assim


que ficou a bota da Maria ontem, nas escadas rolantes do Centro Comercial Vasco da Gama. Ao se desfazer o degrau, que ela partilhava de mão dada comigo, o pé prendeu na lateral e só o conseguimos tirar quando as escadas bloquearam. A Administração do Centro assumiu responsabilidades e a Schindler já reparou aquilo.

Ficou com os dedos pequeninos do pé direito magoados (a bota rasgou mesmo) e apesar de não ter partido nada, voltamos ao médico na segunda-feira para ter a certeza que está tudo cicatrizado. Ela está medicada para as dores e animada, gatinha pela casa (que andar aos pinotes dá mais trabalho). Eu estou ainda a recuperar do susto.

(Entretanto ligaram da Administração do Grupo Sonae a responsabilizarem-se pelos encargos de saúde e umas botas novas.)