05 março 2010

São 33.


Hoje não há Escola para as crianças e acompanho-me do núcleo mais importante: meus pais e filhos durante o dia e marido à noite.
Não podia estar melhor.