30 setembro 2010

Nova Oeiras acontece


Aqui na nossa zona, há uma Associação de moradores em funcionamento, que contempla várias coisas, incluindo actividades regulares que envolvam a participação de todos. No domingo, uma feira com todo o tipo de vendas, ao som de um grupo musical. Já não comprava brincos mesmo bonitos por tão pouco preço, há muito tempo. O Sol ao entardecer no largo principal, é qualquer coisa. Uma zona com muitas famílias e crianças traz uma alegria especial, juntamente com quem cá vive desde o início e escolhe envelhecer por aqui.

29 setembro 2010

Bebés-amigos

Dois dos bebés que nasceram no fim de Agosto, agora com 1 mês cada um.
De repente, o Caleb parece um gigante!

Com o Pedro:


Com o Henrique:


Os olhos do Pai.

Uma música bem antiga, lembro-me que era miúda quando a ouvi a primeira vez. Compreende muito daquilo que quero para a minha vida. Ser um pequeno reflexo daquilo que Deus é.



I may not be every mother's
dream for her little girl,
And my face may not grace the mind
of everyone in the world.
But that's all right, as long as I
can have one wish I pray:
When people look inside my life, I
want to hear them say,
She's got her father's eyes,
Her father's eyes;
Eyes that find the good in things,
When good is not around;
Eyes that find the source of help,
When help just can't be found;
Eyes full of compassion,
Seeing every pain;
Knowing what you're going through
And feeling it the same.
Just like my father's eyes,
My father's eyes,
Just like my father's eyes.
And on that day when we will
pay for all the deeds we
have done,
Good and bad they'll all be
had to see by everyone.
And when you're called to
stand and tell just what you
saw in me,
More than anything I know, I
want your words to be,
She had her father's eyes,
Her father's eyes;
Eyes that found the good in things,
When good was not around;
Eyes that found the source of help,
When help would not be found;
Eyes full of compassion,
Seeing every pain;
Knowing what you're going through,
And feeling it the same.
Just like my father's eyes,
My father's eyes,
My father's eyes,
Just like my father's eyes.
My father's eyes,
My father's eyes,
Just like my father's eyes.

28 setembro 2010

Gostar de Skittles



A "culpa" é do meu cunhado Aless.

Piquenicar

e correr atrás de esquilos, é divertido.









27 setembro 2010

"Ó Joaquim, já chega!"

é tão meloso, este miúdo.







24 setembro 2010

Irmã mais velha

Estou ao computador a trabalhar, auscultadores colocados. O mais novo na espreguiçadeira, a mais velha a escrever coisas em cadernos. O mais novo faz uns sons, olho de lado e reparo que a mais velha se levanta, lhe diz umas quantas palavras, mete-lhe a chucha na boca, aperta um dos lados do cinto que ficou por colocar. O bebé mexe os pés, ligeiramente impaciente. A irmã ajeita-o de lado, mete-lhe a fralda de pano junto à cara, dá-lhe um beijo. Volta para a secretária dela. O bebé de olhos fechados, tranquilo.

22 setembro 2010

Coisas inigualáveis:


o cheiro de bebé.

21 setembro 2010

Ao domingo cantamos juntos



Que as palavras dos meus lábios
e o meditar do coração
Agradem a Ti, agradem a Ti.

Que as palavras dos meus lábios
e o meditar do coração
Agradem a Ti,ó Senhor.

Minha Rocha e Redentor
A razão do meu cantar
Agradável aos Teus olhos quero ser.

Cada dia, a cada instante
Sempre hei-de te servir
Agradável aos Teus olhos quero ser, ó Senhor.

O Euromilhões em imagens






20 setembro 2010

18 setembro 2010

17 setembro 2010

15 setembro 2010

Gostos que se passam à geração seguinte


Apanhar muitos pinhões, encher um copo, e depois comê-los todos.


14 setembro 2010

Consulta dos 4 meses

Peso: 5800g (Percentil 10)
Altura: 61,5 cm (Percentil 25)

Dia de 3 vacinas. 3 picadas. Cada uma a doer mais do que a outra. E o bebé que não chora. Engano-o com beijnhos no pescoço. É possível disfarçar a dor com beijinhos? É.

Datas que nunca se esquecem:

14.09.2003
A minha barriga nunca mais tornaria a ser tão lisinha.


13 setembro 2010

Agora é a sério, Mariazinha.

Foi hoje o primeiro dia de Escola primária!

12 setembro 2010

O Joaquim

teve um dos seus primeiros momentos de independência este fim-de-semana. Foi dormir a casa do primo Tomás, sem as irmãs. Sozinho. Foi e voltou feliz. Hilariante mesmo, foi a minha irmã a encher a banheira para o banho e o miúdo aos gritos a dizer que não se sentava. É que cá em nossa casa, desde que soubémos do problema renal da Maria (e por instrução médica) nunca mais houve banhos de imersão. É tudo corrido a duche, desde tenra idade (logo que tenham força nas pernas para se aguentarem em pé). Consta que o miúdo lá se sentou, tomou um banho "piscina" e contou-nos isso com alguma estranheza, cá em casa.

Gostar de

portadas com cortinas bordadas

e portas com batente.

(No Carrascal)



11 setembro 2010

Caleb, 4 meses

O nosso mini-nenuco é agora um bebé que já enche roupas de 3 meses. Tem umas bochechas de encher a vista e não resiste a vozes femininas. Todo ele é sorrisos. Tem uma característica que nenhum dos irmãos teve tão cedo: estranha algumas pessoas. Não chora, mas faz um beicinho irresistível.

Descobriu as mãos há umas semanas e, depois de passar largos dias a examiná-las, agora mete-as na boca longos períodos ou tenta chegar a objectos. No outro dia conseguiu levar a chucha à boca mas depois não a largava e ficava chateado porque ela desaparecia da boca. Consegue rebolar e ficar de barriga para baixo, mas depois não se sabe devolver à posição de origem. Reage cada vez mais aos irmãos e é fã de sling e colinhos. Adormece na cama dele sozinho, com as luzes e ao som deste helicóptero da fotografia. Dorme a noite completa e largos períodos durante o dia (e a alcofa parece encolher...).

É um orgulho, este bebé.






10 setembro 2010

Esta noite

Deus chamou para Si a "avó" Rosa (ver aqui). Mais do que a sua simpatia e personalidade conciliadora, recordá-la-ei pela sua capacidade de perdoar e ultrapassar as adversidades.

E por esta manta, também.



09 setembro 2010

Muá





08 setembro 2010

Ensaios

passa parte do dia na cama do Joaquim, a ensaiar e a habituar-se a um berço. Um destes dias esta cama será dele e o Joaquim é promovido para uma cama de menino crescido.


Casar e já ter 8 sobrinhos

Fotografia tirada ao final do dia, já estavam mais cinzentos do que brancos...

E não páro de cantar.

Sim eu sei, que só há um caminho a seguir.
Sim eu sei, que não há Deus maior que Tu, Senhor.
Por viver o Teu amor que é tão real.
Sim eu sei, que tua cruz é vida para mim.
Sim eu sei,que o meu dia-a-dia está em Ti.
Por viver o Teu amor que é tão real para mim, Jesus.
Jesus, eu te amo
e já não há nada que possa dizer
Jesus, te adoro, Deus.
Tu és a vida que eu quero ter.
Jesus, Jesus.


O exercício da nossa fé

obriga-nos a renunciar a coisas boas, apetecíveis à maioria das pessoas e a parecer que somos loucos e irresponsáveis. É que quando se vive com Deus, não se esperam pelas condições ideais para se tomar decisões. É precisamente ao contrário: tomam-se as decisões e depois colocamo-nos à altura delas.

Na Praia Grande

Na semana que passou, no Campo de Jovens no Carrascal, íamos à praia todas as manhãs. Tínhamos um tempo de música, de reflexão e chegámos a encontrar por lá amigos. O Joaquim, numa das vezes, ao avistar esta família, perguntou pelo amigo dele da Escola, o Cândido. Assumiu que deviam ser da família dele e foi ter com eles, a perguntar pelo Cândido (ahah). Quando reparámos, para além de estar a jogar à bola com o mais novo, comia alegremente um pão de leite com fiambre, batatas fritas e ice tea. Andar numa escola multicultural é assim!

06 setembro 2010

O meu irmão mais novo casou-se

Façam o favor de ser felizes, Gi e Selma.





A 5ª semana com os miúdos

não podia ter sido melhor. Revisitei um sítio onde cresci, em pequena. Não dormia no Carrascal há precisamente 20 anos, a última vez que lá tinha estado uma semana seguida foi em adolescente.
Como era um acampamento de jovens, só havia mais duas crianças para além dos nossos, o que fez com que tivéssemos baby-sitters de sobra o tempo todo. O facto de o Carrascal ser um sítio pequeno, sem perigos fez com que fosse a semana de acampamento mais descansada de todas. Lá, é possível estar numa ponta do acampamento ou numa reunião e ver sempre onde os miúdos estão. Isto, contrastada com uma semana no Alentejo cheia de calor e com o perigo constante de um tanque-piscina por perto, foi um bálsamo.
A companhia foi óptima, o grupo delicioso e saí de lá revigorada. Ainda há muitos jovens a buscar a vontade de Deus, a querer fazer as coisas como Ele pede e isso é bom de assistir, entusiasmante.

Aprendemos músicas novas, voltei a cantar algumas já esquecidas. Esta é uma delas, da autoria do Bruno (que a dirige) e que não me sai da cabeça. É bonita e simples, mas tão rica.

Que boa semana, esta.



03 setembro 2010

Esta semana confirmei:

devemos sempre voltar aos sítios onde fomos felizes.