11 outubro 2010

Caleb, 5 meses

O tempo voa, voltamos sempre à mesma afirmação. O nosso anjinho papudo continua uma delícia. Tranquilo, bem disposto e sempre a alinhar em todos os nossos planos sem grandes transtornos. Delira com os irmãos e reage muito a crianças. É fã de vozes femininas e tem um dispositivo de sorrisos que não se esgota, o dia inteiro.

Ando muito com ele no sling, que gosta muito. Ultimamente nota-se que vai vendo cada vez mais a maior distância e nos segue. Palra muito, especialmente quando se faz silêncio na casa.

Na semana passada, soube que tinha de deixar de o amamentar. Processo mais ou menos tranquilo, não fosse o meu fígado estar a dar sinais de piorar em vez de melhorar. Tive de triplicar a medicação e vou ter controlo mais apertado agora. Por isso, tinha de escolher. Tive receio de ter de tomar algum medicamento para secar o peito, mas até agora tem sido calmo, graças a Deus.

Por outro lado, sei que por esta altura a maior parte das mães deixam os filhos com alguém de confiança ou numa escola, e eu não vou ter de o fazer. O Caleb continua comigo pelo menos mais um ano lectivo. Dou graças a Deus por esta escolha e sei que não há nada que a substitua, é um descanso.

5 meses é uma mão cheia. Cheia de alegrias.