28 dezembro 2010

Olhos do Joaquim

Fomos a uma segunda consulta de oftalmologia com o Joaquim. Esta médica (que surge abaixo em entrevista sobre problemas oftalmológicos em crianças) tem uma opinião um pouco diferente do último médico que viu o Joaquim. Diz que ele tem uma hiperacção do pequeno oblíquo, que faz com que tenha estrabismo no olho direito, que neste momento já vê mal.

Segundo esta médica, o Joaquim tem de ser operado num curto espaço de tempo (e não aos 6/7 anos como o anterior referiu). Isto, porque o facto de lhe taparmos o olho não corrije nada, apenas ajuda a que o cérebro não se esqueça dele (daí a expressão "olho preguiçoso" ). A operação consiste em enfraquecer este músculo. A falta de visão, que neste momento ainda ligeira, é corrigida com este procedimento e não com óculos. Os olhos são saudáveis, precisa apenas deste acerto.

Ficámos mais descansados com esta avaliação, até porque o tempo dispendido nela e em exames nada teve a ver com os médicos anteriores, pelas referências que temos desta médica e porque decidiu aguardar até Março, altura em que reavalia tudo e se decide operar, confirmando-se esta informação.

Até lá, tapa o olho esquerdo todos os finais de dia.

(na entrevista abaixo, a médica fala sobre o problema do Joaquim).