03 janeiro 2011

Mesmo no último dia do ano

recebo, na minha caixa do correio, uma prenda.
Fico sempre sem palavras.