17 outubro 2011

2 em 1


"Porque aonde quer que fores, irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. Onde quer que morreres, morrerei eu, e aí serei sepultada.
Faça-me o Senhor o que bem lhe aprouver, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti."

Rute 1:16

Desejo ir sempre no lugar do pendura, como até aqui. Deus tem sido bom com as nossas vidas, e eu não podia ter outra metade, a completar-me. Orgulho-me pela tua vida, Tiago.