04 outubro 2011

Marta e Joaquim.

O jantar já tinha acabado, mas como fazemos o culto doméstico a seguir, os miúdos esperam sentados à mesa, enquanto levantamos tudo e limpamos a toalha. Típico final de dia, ou um repete em gozo o que o outro está a dizer, ou inventam coisas estilo: "Tu não és Joaquim, agora és a Joaquina" e por diante.

Ao fim de várias deste género, a Marta referiu-se ao "papá" como "pai" (expressão que cá em casa não usamos) e o Joaquim diz:

. "Papá, a Marta disse Pai..."

Resposta da Marta:

- "Sim, e qual é o drama?"