31 julho 2012

A generosidade nem sempre é valorizada.

À saída do parque, festa de anos da prima, a Marta vinha com dois balões na mão. No caminho, dois ciganitos - um todo nú - ordenam num grunhido selvagem "Dá-me um balão!", e a Marta nem hesita e dá um dos balões aos miúdos. Na ausência de reacção, digo aos miúdos que podem agradecer, que a Marta lhes deu um dos balões dela, mas eles nada. Ficam a olhar para nós- acho que meio espantados de a Marta lhes ter mesmo dado o balão.

Nesse mesmo instante, enquanto prosseguimos caminho, o balão que ficou com a Marta rebenta. A expressão dela, meio aflita, meio triste por se ver sem nenhum balão na mão, olha para os miúdos e diz com um ar comovente, que não sei colocar em palavras, enquanto se esforça por não chorar: "Espero que o vosso balão não rebente..."

Seguimos para o carro, enquanto lhe digo que não faz mal, que ela fez bem em dar o balão aos meninos, que mesmo quando não nos agradecem, ou ficamos sem nada, que devemos dar (e que em casa temos muitos balões por encher).

A generosidade nem sempre é valorizada, mas nem por isso devemos recusar ser generosos.

30 julho 2012

Jonas

engolido pela baleia, uma história que o Joaquim não se cansa de ouvir (e desenhar).



28 julho 2012

Começaram!








Do lado Cavaco

Os meus sogros triplicaram o número de filhos, em netos.
Conseguir juntar os nove é tarefa complicada, conseguir que todos colaborem é assim a modos que...impossível.



Primas



25 julho 2012

10 anos

gata Sombra.

24 julho 2012

Tio Gi

"O Caleb é tão louro!" ou

"Faz-me lembrar o teu irmão mais novo..." - são frases frequentes.



Fotos da Selma.

23 julho 2012

Rita e Filipe

Foi no sábado que casaram a Rita e o Filipe. Neste momento, faltam-me as palavras! Muita emoção.








20 julho 2012

E vão 10. - II

Pensando hoje, diria muitas coisas à noiva Ana Rute.

Diria que o dia do casamento não é celebração da sua singular história de amor, mas antes o começo dela. Dir-lhe-ia que desistisse de muitas das ideias românticas que lhe foram impingidas, e que lesse mais a Bíblia o que ela diz acerca do casamento. Dir-lhe-ia que não há tudo a aproveitar enquanto somos muito novos, porque o passar dos anos é que vai trazendo algum encanto para saborearmos o que temos. Dir-lhe-ia que irá descobrir no compromisso, o amor que não conhecia. Que contra todas as ideias de rotina, que é o conhecimento mútuo que traz satisfação, e que em vez de monotonia, vai descobrir diversão. Diria à Ana Rute de 25 anos que Deus recompensa a fidelidade, e que acrescenta cor ao acumular dos dias. E que a doença, a pobreza, as dificuldades podem vir, mas que a dois são muito mais fáceis de ultrapassar.

Diria a esta noiva sorridente que o melhor não está nem no dia do casamento nem na lua-de-mel. O melhor vem com os filhos e o passar dos anos.

(E a Ana Rute de hoje agradece a Deus por esta década. Mal posso esperar pelos próximos 10!)




E vão 10.

Há 10 anos, o noivo cantava assim:



18 julho 2012

18 de Julho de 2002

O dia legal, na Conservatória do Registo Civil de Oeiras. A primeira vez em que assinei com mais um nome, que me foi oferecido e que fiz questão de aceitar: Ana Rute Baptista de Oliveira Cavaco.



16 julho 2012

Ester e Pedro

A Ester é uma prima que o casamento me trouxe. No sábado, casou com o Pedro, e relembrava que nos meus preparativos de casamento, era ela adolescente, foi uma grande ajuda em detalhes da nossa casa, que tinha estado em obras (na foto abaixo, uma das vezes que ficou lá comigo). Passámos tardes a forrar gavetas, a limpar cantos. Agora, foi a vez dela. E o que pedimos, é que este casamento seja sempre abençoado por Deus.





Senhora Dona...menina.

Aos 35 anos se calhar já era altura de aguentar um dia de festa com saltos e não andar calçada como as minhas filhas. Prometo que tento, lá para os 45. Ou aos 55. Ou aos...?



13 julho 2012

Hipnotizados

a ver um dos episódios dos dvd's do Marco.

10 julho 2012

Efeitos colaterais do casamento do Joel e Joana

7h50m, sinto cuspidelas na cara: "Mamã, onde fica a Rua-de-mel?"

Acampamento

Na sexta-feira lá fomos nós buscar as miúdas ao acampamento! Vinham felizes, independentes e cansadas! A Maria chorou no caminho de regresso a casa e ao deitar, com saudades.

As fotos que me chegaram são da tia Selma.







09 julho 2012

Amigos que são família


Talvez os dias bonitos e cheios de felicidade ganhem um toque especial quando anteriormente partilhámos momentos menos bons. O Joel é um amigo que se tornou família há uns anos, e que tem lugar no sofá cá de casa, sempre que lhe apetece. A Joana, por sua vez, junta-se a nós em Lisboa, e ocupou o nosso coração desde que a conhecemos.

No sábado, testemunhámos não só do compromisso da Joana com o Joel, mas também comprovámos da fidelidade de Deus. E Deus é bom.

06 julho 2012

Diferenças a sair à rua

se o Caleb for no carrinho, cala-se a observar e não se ouve som daquela boca até regressar.
Se for a pé, de mão dada, cumprimenta toda a gente com quem se cruza, incluindo animais.

05 julho 2012

:)

Terminei um trabalho que parecia não ter fim e que comecei há umas semanas. Não sei explicar a sensação de alívio quando estou a enviar o último mail com a parte final. Leve, levezinha, é como me sinto. E não consegui não vir aqui partilhar a minha felicidade.

!

"O propósito de Deus não é que eu entenda os Seus planos; o Seu plano é que eu entenda quem Ele é."

Ann Voskamp

Primeira semana de praia e piscina com a Escola

7h45 sinto-me a ser cuspida na cara, e num sussurro: "Mamã, anda, tens de me pôr protector solar."

02 julho 2012

Uma semana sem filhas

Ontem fomos deixar as meninas na Escola Bíblica de férias, no Carrascal. Hoje, ao jantar, já quase no fim do telefonema, o pai cá de casa arrisca:
- Têm saudades nossas?
Resposta sem hesitações: Não!

Baptismos

Ontem foram baptizados o Manel e o Pedro. A alegria de um baptismo é a alegria da eternidade, e por isso é tão difícil de expressar em palavras.