27 setembro 2012

4 anos, quase 5.

Pai: "O que gostavas de ser quando fores grande?"
Joaquim: "Eu não vou ser grande, papá, eu vou ser sempre pequeno."