17 julho 2013

Não era o fim do mundo

às 8 da manhã. Aquele barulho à cabeceira da minha cama, que me despertou com o coração a mil, era apenas e só uma criança de 3 anos a cantar em altos berros com uma guitarra herdada.