18 outubro 2013

A minha irmã faz anos.


Com a minha irmã, fazer coisas acontecer parece simples. A generosidade é daquelas formas de estar que lhe saem com naturalidade, e se eu tivesse tanto jeito para desenhar como ela tem (da mesma forma que temos gestos trapalhões em comum) faria um quadro com mãos. Ter mãos sempre disponíveis para dar, para ajudar, para tratar, é algo que me comove sempre e que agradeço a Deus todos os dias.

Parabéns, Raquel!