16 outubro 2013

Ser Igreja

Ouviamos há uns dias, na Igreja, de como não é possível sermos cristãos sem se verem resultados disso. Um cristão tem como modelo Jesus e acaba por ser obrigatório ver-se nascer na pessoa que se converte, características claras de alguém transformado pelo Espírito. Tenho por hábito anotar características que vejo nos meus irmãos na fé que me ensinam sobre Jesus, e que eu quero imitar.

Com esta amiga-irmã, a Sara, tenho aprendido sobre a humildade.