03 junho 2014

Amigos



Só quem tem vários filhos com poucos anos de diferença (4 filhos em 6 anos no meu caso) sabe o peso que se sente quando chegamos a casa de alguém, o receio de que algo se estrague ou suje, que a excitação de estar se transforme rapidamente em caos, que eles se portem menos bem (para não dizer mal). Por isso, há sempre um descanso especial quando chegamos aqueles lugares em que a nossa preocupação não desaparece mas sentimos que não será um chão com mais migalhas que fará a nossa presença menos desejada. Chamam-se a esses lugares: casa de amigos queridos.