10 novembro 2014

"Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé."


Partiu para o Senhor o Pastor João Rosa de Oliveira.

Queria poder contar a importância do Pastor e da irmã D. Lídia na vida da nossa família. Mas há dívidas de gratidão que não se saldam em palavras.

Uma das coisas que ele dizia aos nossos miúdos, numa doença que eles não lhe viam estampado no corpo:

- "Quando quiserem que eu morra, deixem de orar!". Ninguém deixou de orar, Pastor. Deus entendeu que estava na altura de gozar do lado da eternidade que tanto desejou, que tanto anunciou.

Até já.