25 dezembro 2014

Chegou o dia.


O Natal relembra-nos a nossa perdição. Deus podia ter inventado muitas formas de nos resgatar para Si, mas escolheu fazê-lo através de Jesus. O bebé que Maria carregou de forma misteriosa durante nove meses - e tanto que teve de guardar para si com o anúncio do anjo - viria a tornar-se o Salvador que eu precisava. O Salvador que a humanidade precisava e ainda precisa hoje. Não existiria Páscoa sem Natal. E hoje, claro que sim, estamos muito alegres! Jesus nasceu e com Ele nasceu a vida!