27 dezembro 2014

Fazer com amor.

Querer que chegue algo feito por nós a todos quantos nos cabem no coração, implica começar em Novembro. Sim, andámos na saga das bolachas largos serões, manhãs e bocadinhos que nos restavam durante mais de um mês. Depois olhamos para os saquinhos e parece quase nada. Mas o que fazemos com amor vale muito mais do que o que apenas se vê.