13 abril 2015

Saber pedir.


Não sei o que mais peço a Deus nas minhas orações, mas por paciência está certamente no top 3. Não é tanto a paciência de aguardar na confusão dos dias, do semáforo que tarda em abrir ou da fila que nunca mais desaparece. Para isso consigo arranjar paciência. A mais difícil de ter é como no amor. Ninguém duvida do amor que tem pelos filhos, mas custa-nos amá-los quando eles são desobedientes, é difícil ter paciência quando eles não nos ouvem, pela milésima vez. É essa a paciência que peço muito a Deus, e que nem sempre tenho.

Mas quando pensava em orações e pedidos, e quando na carta de Tiago lemos o alerta que nem sempre temos porque não sabemos pedir a Deus, lembrei-me de Salomão. Tenho para mim que Salomão tinha que já ser muito sábio para conseguir pedir por sabedoria. Porque quem tem sabedoria, ousa ser paciente. Responde com amor em vez de irritação. Pondera. Vê em perspectiva. Age com mansidão.

Talvez deva substituir o meu pedido de paciência e ansiar mais por sabedoria.