07 maio 2015

Não sei.

É um dos meus hinos preferidos (pena que não haja um audio decente para aqui partilhar convosco) porque fala do mistério que é Deus tornar-nos Seus filhos. Da certeza que o amanhã planeado, seja ele mau ou bom, está nas Suas mãos, e que um dia - esse grande dia - Jesus voltará.