09 junho 2015

Não mais

Não mais dor. Não mais despedidas. Não mais saudade. O Céu vai ser tão perfeito quanto isso.
Até lá, tem de ser.