30 setembro 2015

A pé.

Quero acreditar que a razão porque se hoje caminha menos é pela falta de tempo, em conjunto com a realidade geral que a maioria das pessoas ou famílias tem um carro. Ou dois. Ou mais. No nosso caso, vivemos apenas com um carro. Isso implica que o chefe de cá de casa vá de comboio trabalhar e ande bastante a pé. Há dias em que ele assume o levar e trazer os miúdos de carro e fico eu a pé. Não são poucas as vezes em que tenho de tratar de assuntos e ando vários quilómetros, ou escolho propositadamente um supermercado mais longe para poder caminhar e organizar ideias. Houvesse mais tempo e tenho certeza que o faria muitas mais vezes.

Um destes dias, naqueles em que o carro seguiu com os mais velhos, fui com o mais novo num percurso que fazemos sempre de carro. A Avenida Dom Pedro V, em Carcavelos, é capaz de estar no meu top 5 de ruas predilectas. Nem sei quantas vezes já a fotografei, seja com o mar ao fundo, seja no sentido contrário. Mas percorrê-la a pé nestes dias brilhantes de Outono é qualquer coisa de imperdível.