10 dezembro 2015

"Tu não precisas de Deus"

Esta foi a mentira da serpente. Nascemos com esta mentira cá dentro. Todos os dias nos sussurra:



"Consigo ser feliz sozinho";
"Sou capaz de me safar";
"Eu mereço mais".

As mentiras multiplicam-se constantemente. Vivemos angustiados. Frustrados. Culpados. Incompletos. Fomos criados à imagem de Deus. Para o adorar. Nunca viveremos totalmente satisfeitos enquanto não nos reencontramos com ele. Nunca estaremos completos sem estar na presença dele.

É a isto que nos chama o Advento. Por nós próprios nunca conseguiríamos chegar a Deus.
Foi necessário que viesse ele até nós.

Vamos continuar a passar por esta história sem nos rendermos?