29 fevereiro 2016

No meio do rebuliço

Deviam ser umas 7h30. Frio. Uma confusão pegada para a semana que começa. Um sem fim de coisas para fazer. Mas consegui parar e pegar na máquina. O sol invadia insistentemente os quartos e corredor, e lembrava-me de como nos precisamos contrariar nesta correria e inevitabilidade dos dias.