24 dezembro 2016

A genealogia de Jesus como uma lembrança.

Chegamos ao Natal com a lembrança de que Jesus foi um ser humano?

A genealogia de Jesus ajuda-nos a recordar esta humanidade. Que embora fosse concebido de forma sobrenatural, Jesus teve uma família como nós e a sua árvore genealógica, embora bem real, não tinha muito de realeza. Que nasceu da forma mais humilde possível, que chegou em forma de um bebé.

Deus preparou este plano e cumpriu-o com todos os detalhes. Quando recordo que teve de existir primeiro Natal para depois a Páscoa, devo ter sempre presente de que não há rigorosamente nada que aconteça aqui na terra, em termos de dificuldades, que Jesus não tenha experimentado. Embora nunca tenha pecado, Jesus foi confrontado com os mesmos dilemas que eu e tu podemos viver em qualquer momento da vida. Jesus foi tentado. Jesus sofreu. Mais tarde, venceu a própria morte e deu-nos vida.
Agarremo-nos a esta certeza e enfrentemos as dificuldades com a companhia de alguém que já tudo isso experimentou.

É Natal porque Jesus um dia se tornou como um de nós. Glória nas alturas!