15 dezembro 2017

Advento, dia 15.



O povo de Deus tinha muitos inimigos assustadores, mas de todos, os filisteus eram os piores. E agora, os filisteus queriam lutar com eles. Os filisteus tinham uma arma secreta chamada “Golias”. Golias era um soldado aterrorizador, e pior que isso, era um gigante! Um gigante tão forte, tão alto, e tão assustador que ninguém era capaz de lutar com ele e sobreviver para contar a história.

Então, ali estavam eles: os filisteus no topo de uma montanha; o povo de Deus no topo da outra montanha. Todos os dias, Golias aparecia e gritava: “Mandem o vosso melhor soldado para lutar comigo! Se ele ganhar, seremos vossos escravos. Mas se eu ganhar, vocês serão nossos escravos!” Ninguém respondia. Ninguém se mexia.

“Fraquinhos!” Golias provocava. “O vosso Deus não vos pode ajudar! Vou arrancar-vos as cabeças e esfrangalhar-vos!” Os olhos de Golias arregalavam-se por debaixo do capacete, como se num só minuto os fosse devorar a todos. E ria-se com gargalhadas horríveis. “HA-HA-HA!”, ecoavam pelo vale.

Bom, Golias mais parecia um monstro verde com três cabeças, porque o povo de Deus congelava de medo dele. Eles sabiam que se não fizessem algo em breve, se alguém não os salvasse…

Mas Deus iria fazer algo quanto a isto. Ele iria enviar alguém para os salvar.

Lembras-te que David era o mais novo da família? Os seus irmãos eram soldados no exército. Um dia, quando David foi entregar o almoço aos irmãos, ele viu Golias, e viu como todos estavam aterrorizados.

“Não tenham medo!” disse David. “Vou lutar com Golias!”

“És apenas um pequeno pastor”, disse-lhe o rei. “E Golias é um enorme soldado. Como é que vais lutar com ele?”

“Deus vai ajudar-me!” disse David.

Então o rei ofereceu a sua armadura para ele vestir, mas era tão pesada que David nem sequer conseguia andar. “Não vou precisar disto”. Em vez disso, David pegou em 5 pedrinhas lisas do riacho, pegou na sua funda e caminhou em direcção a Golias. Passo a passo.
Golias foi ao encontro dele. ”Tu?” – Golias olhou para baixo para o pequenino rapaz.

“Eu sou pequeno!” gritou David, “Mas Deus é maior!”


Golias deu uma gargalhada ainda mais terrível do que o habitual: “HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!” Apenas com um gesto com a sua espada, Golias seria capaz de dar cabo de David.

Mas David continuou: “ Isto não é acerca de quão forte tu és, ou de quantas espadas consegues carregar, que te vai salvar. É Deus quem salva! Esta batalha é de Deus. E Deus ganha sempre as suas batalhas!”

David colocou a pedra na funda, balançou-a, rodou-a e atirou-a. Esta pedra pequena e lisa voou como uma bala e acertou mesmo entre os olhos de Golias. Golias parou de rir… Cambaleou, tropeçou e caiu morto no chão!

Quando os filisteus viram que Golias estava morto, desataram a correr. E enquanto eles fugiam, o povo de Deus festejava. Deus tinha salvado o seu povo. David era um herói.

Muitos anos mais tarde, Deus iria enviar ao seu povo um pequenino herói para lutar por ele. E para o salvar.

Mas este herói iria lutar a maior batalha que o mundo alguma vez conheceu.